Sobre Nós
Mergulho
Videos
Top Viagens
Trabalhe Connosco

Punta Arenas

Novembro 2017

1ª PARAGEM

Ora hoje foi o dia de rumarmos ao sul mais a sul que já estivemos. Punta Arenas é a cidade mais a sul do nosso mapa e São Petersburgo a mais a norte.
O dia começou bem relaxado, sem despertador (mas com uma ligeira ressaca), com direito a um bom pequeno almoço com pão com chocolate, pão tipo cacete, queijo, leite, iogurte, ovos, manteiga, compota, sumo e café, e uma maravilhosa vista para o Licancabur. Arrumamos as malas com muita calma, sem pressas e fomos fazer contas com a Macarena (baila tu cuerpo alegria Macarena), conhecida na zona por Maca, a dona do ecoresort. Ela deixou-nos ficar até às 13h45, hora do transfer para o aeroporto, em vez de termos de deixar a tenda às supostas 11h da manhã. Ainda almoçamos na cozinha do ecoresort com uma pequena sessão fotográfica das áreas circundantes. Na hora marcada, chegou a carrinha que nos ia levar para o aeroporto. Despedimo-nos da simpática Macarena com um abraço e saímos de Atacama, passando ainda pelo Valle de la Luna à esquerda e o Valle de la Muerte à direita.

Quando chegámos ao aeroporto, uma hora depois, fomos logo para o check in e depois do stress do costume com as dimensões e peso das malas (que nunca sabemos se as vamos ter de despachar para o porão ou não, tendo isso sempre um custo adicional), fomos para a porta de embarque. Aproveitamos para fazer uma limpeza às botas com dodots (salva vidas) que a Sandra inteligentemente trouxe e pouco mais tarde ja estávamos a embarcar no avião. Eu ainda fui à Body Shop pôr creme nas mãos que estavam tão secas que até gretadas por todo estavam por causa do pó. Só tínhamos 1h15 de escala em Santiago e sabíamos que eventualmente poderíamos ter de correr. O avião ainda se atrasou 20 minutos deixando-nos só com 55 minutos para sair do avião (com toda a gente a tirar malas com muita calma), procurar o sítio do check in, fazer o check in, voltar a passar o stress das malas, passar pelo raio-x, procurar a porta de embarque e embarcar. Ia ser “força, foco e fé!”

Lá fomos nós, mais uma vez, a correr pelo aeroporto, cheios de malas, casacos, mochilas e sacos com coisas que já não cabiam na mala (os verdadeiros pé descalços) até ao check in, passando à frente de toda a gente do nosso avião com “permisso” ou “perdon”. Fizemos o check in, fomos para o raio-x que não tinha quase ninguém e fomos para a porta. “Conseguimos!!!” Força, foco e fé funciona sempre!

Começa então a segunda parte da nossa aventura, a Patagonia, a Ilha Madalena, o farol e os pinguins, o estreito de Magalhães e a Terra do Fogo, Torres del Paine, Perito Moreno e Calafate já na parte da Argentina e toda uma viagem num 4×4 de Punta Arenas para Puerto Natales. Estávamos todos excitadíssimos quando entrámos no avião. E graças a deus passou rápido e num instante aterrámos em Punta Arenas. Fomos de táxi até ao hotel que tem vista para o estreito e para a Terra do Fogo, apesar de já serem 00h30 e não se ver nada. Estamos numa casinha com 2 quartos, com cozinha e sala de estar e jantar, com varanda e wc privado com duche de água quente… QUE LUXO!!!
Amanhã vamos para Torres del Paine por volta das 9h30 e a viagem deve durar cerca de 4h…

Explora a nossa viagem a Perito Moreno e Torres Del Paine

Planeie a sua proxima Viagem

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest
WhatsApp

Descobre mais Diários de Viagem

No data was found

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.